Diante dos muros da...

Diante dos muros da cidade, uma noite de inverno um homem que tinha sofrido muito gritou, desesperado:"qual o sentido da vida?" e o eco respondeu-lhe claramente: "A vida!"